Hungria

Legacy

Hungria


Cansei de ver só os moleques ter
Tava no quarto pensando sozinho
Com a cabeça quase pra enlouquecer
Mas só agora que eu entendi
Que eu posso ser quem eu quiser

De olhos fechados, viajo a bordo de um Legacy (Tripulação, portas em automático)
De olhos fechados, viajo a bordo de um Legacy
Meu nome na televisão
(Hungria hip-hop – a música mais tocada nas rádios de todo país)
(Jovem de classe baixa atinge sucesso nacional e arrasta multidão)
(É mais um novo single lançado. É mais um sucesso)

Dizem que eu sou o melhor
Agora é bem mais fácil me entender
E até escutam meu trabalho
Fiz por alguns que fez por merecer
Sou eu que faço meu salário
Não vim do luxo a minha mente é fértil
E já tão dizendo que eu to louco
Não precisei fazer ensino médio
Pra perceber que mereço bem mais que o pouco

Cobertura na barra, hoje tem show no Rio
Certeza que é bagunça lá no camarim
Essas minas é mó marra, mas depois que viu

Meu nome na televisão
Meu nome na televisão
Dizem que eu sou o melhor

De vez em quando matando os meus medos
E dez leões por dia a gente enfrenta
Já tem dois anos que eu não durmo cedo
A voz da liberdade me atormenta
Mesma rotina, outro aeroporto
Meu pai orgulhoso e a família bem
Corri pelas moedas quando era mais novo
Agora eu só quero as notas de cem
Olhava carro quando era moleque
Até que um dia meu padrinho falou
Olha a história que ta no seu rap
Você é tudo que você sonhou

De olhos fechados, viajo a bordo de um Legacy (Tripulação, portas em automático)
De olhos fechados, viajo a bordo de um Legacy

Meu nome na televisão
Meu nome na televisão
Dizem que eu sou o melhor

Composição: Gustavo da Hungria Neves / Lerym

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Hungria no Vagalume.FM
ESTAÇÕES
ARTISTAS RELACIONADOS